Meu filho mudou de escola e agora? + Boas Vindas


Fonte: https://www.freepik.com/premium-photo/classmates-friends-bag-school-education_3170533.htm

Olá,


Primeiro, nós da GoClass desejamos a todos uma excelente ano letivo e que todos os seus objetivos educacionais se realizem. E caso precise de uma forcinha nos estudos a equipe da GoClass estará de prontidão para te ajudar!


Pois é, mais um ano letivo se inicia, e se seu filho mudou de escola vem aquela ansiedade para uma nova adaptação.


Insegurança e medo podem estar presentes nesta transição de escola. No entanto, não podemos deixar que estes sentimentos tomem conta dos nossos filhos neste momento.


Por isso hoje trouxemos algumas dicas de como ajudar nesta transição.


Então vamos lá!


A mudança


Tudo que é novo ou gera alguma mudança trás consigo insegurança e medo, pois nosso cérebro sente que saiu do que conhecemos como zona de conforto.


Mas esses sentimentos nos períodos de mudanças são perfeitamente normais.


Só que não podemos deixar que estes sentimentos tomem conta da nossa cabeça e por isso, precisamos domina-lo para que não atrapalhe nossas vidas.


Pior ainda quando acontece com nossos filhos, parece que sentimos em dobro!


E quando o assunto é escola, bate uma ansiedade ainda maior, pois nossos filhos terão que encarar uma nova realidade "sem nossa presença". Além disso, a escola é um local que eles passarão muito tempo, então é primordial que ele consiga se sentir bem lá!


Primeiro de tudo, precisamos entender que nosso cérebro é muito poderoso, então precisamos tirar esse sentimento ruim, mudar este pensamento, dizer que tudo dará certo e que nossos estudantes se sairão bem!


Diga a ele que a mudança de escola, irá proporcionar conhecer novas pessoas, fazer novas amizades, aprender coisas diferentes ou de outra forma, por exemplo.


Conhecendo o terreno


Se as aulas ainda não começaram e ele ainda não teve a oportunidade, leve-o para conhecer o espaço físico.


Além disso, você pode mostrar algumas informações para ele no site ou nos panfletos. Falando sobre a metodologia e algumas atividades que ele poderá desenvolver na escola. "Conhecer o terreno onde se está pisando" nos torna mais seguros.


Se você conhecer algum outro aluno, aproveite para realizar aproximação para que seu filho já conheça alguém da escola e não fique tão por fora nos primeiro momentos. Além de interagir com outros alunos. Este pode ser um momento para conhecer um pouco mais a escola e como ela é no dia a dia. Esta é uma forma de ficar menos nervoso e ansioso, quando você conhece as pessoas com que irá conviver.


Está muito nervoso...e agora?


E no primeiro dia? Haaa o primeiro dia...


O nervosismo toma conta do nosso corpo. Mas converse bastante com seu filho e diga a ele para respirar fundo e não se preocupar, pois este sentimento não vai leva-lo a nenhum lugar. É preciso pensar que tudo vai dar certo e tudo ficará bem!


Caso isso não seja suficiente recomende que ele pratique exercícios respiratório em um local sossegado, que feche os olhos e respire fundo. Este são exercícios comumente praticado na meditação, por exemplo.


Embora possa parecer besteira, funciona mesmo, pois com o nervosismo nossos batimentos cardíacos são acelerados e com o controle da respiração os batimentos cardíacos são desacelerados.


E quando chegar na escola, o que fazer?


Seu filho não precisa fazer nada, diga a ele para que simplesmente seja ele mesmo, sem máscaras. É comum tentar impressionar no começo e isso pode até funcionar no começo, mas, com o tempo as pessoas verão que não é assim.


Se a timidez for uma característica do seu filho, não tem problema. Diga que ele não precisa mudar, basta que continue sendo você mesmo.


E se pedirem para ele se apresentar na sala?


Na primeira semana é comum os professores pedirem que os alunos se apresentem, especialmente se forem novatos na escola, perguntando o nome, de onde veio...


E muitos alunos não gostam desta atividade, justamente por serem bastante tímidos.


Converse sobre esta possibilidade com seu filho. Diga a ele que esta só é uma atividade e que não é preciso pânico, pois os alunos e professores só estão na intenção de conhecê-lo melhor .


Novas amizades


Este é um fator que pode fazer toda a diferença na vida escolar do seu filho. Mas, não cobre tanto dele para isso, principalmente se ele for muito tímido.


No entanto, estimule seu filho , para que ele se permita conversar com outras pessoas, pois não adianta se alguém se aproximar e seu filho for tão tímido que não conseguirá conversar.


Diga a ele que seja receptivo, sorria e tente conversar. É preciso se permitir para que a timidez não impeça ele de criar novos vínculos e possíveis amizades.


Se a timidez não for o caso do seu filho e ele for extrovertido e/ ou comunicativo, mas mesmo assim parece inseguro, oriente ele para que procure grupos que se pareçam mais com ele, desta forma, quando se tem semelhanças e o mesmo estilo fica mais fácil fazer novas amizades.


No entanto, é preciso não fazer pressão em relação a este tema, visto que fazer amizades deve ser algo natural.


E na hora do intervalo?


Geralmente os alunos amam este momentinho. Mas, se for o primeiro dia de aula e ainda numa nova escola, pode ser um momento difícil para seu estudante. Até porque, durante a aula é um pouco mais difícil de fazer amizades.


Mas calma, não há motivos para pânico. Este medo é totalmente normal. Para não ficar deslocado, oriente ele para se ocupar. Diga para ir a cantina, fazer um lanche, de repente ali mesmo ele fará uma nova amizade.


Se mesmo assim, não surgiu aquela conversa, tudo bem, vale sentar e fazer seu lanche mesmo assim. Com o passar dos dias, as coisas irão melhorar e logo seu filho conhecerá melhor os seus colegas da nova escola. E logo logo estará conversando e aproveitando a hora do intervalo com os novos amigos.


Além disso, você pode estimular a leitura nestes momentos ociosos. Diga que ele leve um livro para ele se distrair enquanto não faz novas amizades.


Caso ele não seja o único aluno novo da sua sala, poderá aproveitar para você passar o intervalo com os demais novatos. Esta pode ser uma ótima oportunidade para que ambos percam o medo e a vergonha provocado por este momento.


E na aula de educação física?


Este é um ótimo momento para se entrosar com os colegas de sala. Nas aulas de educação física comumente são aulas mais dinâmicas e divertidas. Desta forma, este pode ser uma ótima oportunidade para seu filho quebrar o gelo e se enturmar mais. Dê esta dica para ele. Incentive-o a ser participativo.


Mas se ele não gostar de esportes, o que fazer?


Caso a escola tenha outras atividades como teatro e outras atividades coletivas, também podem ser utilizadas para quebrar o gelo e se enturmar. Além de conhecer novas pessoas, ele estará exercitando uma forma de comunicação que irá e ajudar no dia a dia.


Onde se sentar?


É muito comum os novatos sentarem no fundo da sala. Esta pode não ser uma boa alternativa. Alerte seu filho para procurar evitar as ultimas cadeiras da sala. Desta forma, será mais fácil se enturmar.


Isso não significa que ele precisa sentar na frente da sala, principalmente se não se sente confortável com isso. Uma alternativa é sentar no centro da sala, assim, desta forma, todos conseguem vê-lo e terá mais chances de fazer novas amizades mais rapidamente e a adaptação será melhor e mais rápida.


Apesar de estarmos dando algumas dicas aqui, é importante deixar claro que embora devamos acompanhar esta transição com nossos filhos, apoia-los e darmos dicas e incentivo, é importante não haver cobranças.


Se houver cobrança, a ansiedade pode aumentar e as dicas terão efeito contrário. Então cuidado!


Em escola nova ou antiga, nós da GoClass esperamos que todos tenham um excelente retorno a escola e um ano letivo maravilhoso.


Haa e não esqueça que se precisar de uma forcinha nos estudos a GoClass estará de prontidão para ajudar!


Esperamos que tenham gostado!




Equipe GoClass