Como criar uma rotina de estudos para o seu filho


Acompanhando centenas de alunos em nossos cursos de nivelamento escolar na GoClass, percebemos um ponto em comum entre cerca de 90% dos nossos alunos com dificuldades na escola: A falta de um planejamento de estudos. Percebemos então que os pequenos, por mais organizados que fossem (e sabemos que a maioria não é, rsrsrs) não conseguem desenvolver um planejamento sem a ajuda de um adulto. Os pais são responsáveis não só por escolher a melhor escola ou investir em cursos extracurriculares, mas também por organizar o dia a dia da criança. Por que então que a rotina em casa passa tão despercebido assim, a ponto de uma porcentagem tão pequena de alunos terem uma organização adequada? O fato é que por diversos motivos o planejamento não é realizado, entre eles:- Falta de tempo dos pais e responsáveis- Falta de conhecimento sobre rotina de estudos- Falta de conhecimento sobre a necessidade Pensando em todos os pais, mães e responsáveis que não sabem por onde começar, resolvemos criar um passo a passo para desenvolver o planejamento. Vamos lá? Para desenvolver um plano de estudos adequado, separamos o procedimento em alguns passos:Passo 1: Definindo Metas e Submetas Passo 2: Definindo a Rotina Semanal Parcial (RSP)Passo 3: Definindo o Tempo de Estudo Diário (TED)Passo 4: Analisando necessidades e definindo a Rotina Semanal Final (RSF)Passo 5: Colocando em prática e utilizando o "Dia do Planejamento"Passo 6: Dicas extras para melhorar a rotina de estudos Antes de tudo, você vai precisar utilizar o Excel ou qualquer app de criação de planilhas. Se você não está familiarizado, não se preocupe! É bem fácil, e mostrarei no passo a passo. Além disso, vou disponibilizar também um modelo já pronto, para baixar, ok?

Como desenvolver um Plano de estudos para seu filho, passo a passo:

Passo 1: Definindo Metas e Submetas

Se para adultos é difícil manter uma rotina de estudos, imagine o quanto pode ser "sacrificante" para algumas crianças e adolescentes.Por isso precisamos criar motivações para contribuir com o cumprimento da rotina de estudos.Para definir as metas e submetas, responda as perguntas:1- O que você deseja alcançar com a rotina de estudos? Exemplo: Aprovação por média em todas as disciplinas.2- O que é necessário fazer para alcançar o desejo acima? Exemplo: Não deixar o conteúdo de matemática acumular. Uma motivação maior que só pode ser realizada no final do ano (como passar por média), deve ser sempre acompanhada por metas menores. A criação de metas menores ou submetas torna a rotina menos cansativa. Ao alcançarmos inúmeras vezes a submeta chegamos mais próximos da meta maior.Siga as dicas abaixo:Dica 1: Coloque a meta e submeta acima do seu quadro de rotina semanal, em cor chamativa.Dica 2: Imprima suas metas e coloque em um lugar visível. Tanto a criança quanto seus responsáveis devem ser motivados visualmente.


Passo 2: Definindo a Rotina Semanal Parcial (RSP)

Para definir a rotina semanal é necessário criar o quadro com os dias da semana e intervalos de tempo (que será colocado logo abaixo das metas e objetivos).No quadro coloque na horizontal os dias da semana de segunda-feira a domingo, e na vertical o intervalo de tempo, preferencialmente de hora em hora.


O Objetivo da criação deste quadro é a de criar o hábito de estudar e revisar diariamente.

Agora com o quadro criado, precisamos preencher os compromissos fixos que a criança ou adolescente tem. Coloque no quadro:

1- Tempo de permanência no colégio;

2- Esportes

3- Cursos

4- Consultas / acompanhamentos

5- Aulas

6 - Qualquer compromisso que se repita semanalmente.

Veja a imagem abaixo:


Note que neste quadro, o horário entre 13 e 17 horas, coloquei em apenas uma linha. Assim economizei espaço em meu horário, já que nesse período a única atividade realizada é a permanência na escola. Neste caso o estudante frequenta a escola a tarde. Obviamente que se o período de permanência na escola for o matutino, provavelmente o tempo será entre 7 e 12 horas. Você deve adaptar a necessidade, ok?

Uma ótima sugestão: Não reduzir o horário na escola a apenas uma linha (como mostra na imagem), deixando de 1h em 1h hora como as demais linhas do quadro, e colocar as disciplinas vistas no dia na escola (horário escolar), nesse mesmo quadro! Assim é possível organizar a rotina do estudante de acordo com a rotina escolar!

Atenção: Não esqueça de colocar o tempo de deslocamento e alimentação antes e após a escola.

Agora que você já adicionou a escola, adicione os demais compromissos.


Passo 3: Definindo o Tempo de Estudo Diário (TED)

Agora que todos os compromissos da criança ou adolescente foi adicionado, todo o horário restante está livre. No momento não vamos considerar o tempo de descanso e lazer, pois nossa primeira prioridade é pensar nos melhores horários para estudar.



Antes de preencher os horários de estudo para cada disciplina, precisamos observar:

1- Quantas horas por dia estão o estudante tem disponível para estudar

2- Quais dias o estudante tem mais compromissos (tornando o dia cansativo e mais difícil de fixar um tempo de estudo)

3- Quanto tempo de estudo a criança ou adolescente consegue cumprir, sem apresentar cansaço ou distrações. (É importante ser realista. Por mais que a maioria dos pais gostariam de que seus pimpolhos estudassem o máximo possível, sabemos que a quantidade de estudo não está relacionada a qualidade de estudo, e que passar horas com o livro aberto nem sempre é garantia de bons resultados).


Passo 4: Analisando necessidades e definindo a Rotina Semanal Final (RSF)


A primeira etapa para definir as necessidades é entender quais disciplinas precisam entrar na rotina de estudo, e com que frequência.

Vale lembrar: Quanto maior a dificuldade, maior deve ser a frequência;

Na imagem 6 colocamos algumas disciplinas comuns do ensino fundamental como um exemplo. Neste caso, a criança sente mais dificuldade em matemática, e dificuldade razoável em língua portuguesa e ciências. Nas demais disciplinas o aluno acompanha bem.

Colocamos então em um quadro todas as disciplinas, e utilizamos cores para representar a dificuldade. Assim fica visualmente evidente que as disciplinas da cor vermelha vão se repetir mais em nossa grade semanal, enquanto as de cores verdes vão aparecer menos.

Veja na imagem abaixo como colocamos as disciplinas de acordo com a dificuldade.

Matemática aparece 3 vezes em nossa grade, enquanto que disciplinas como inglês e redação aparecem apenas 1. Vale lembrar que esse é apenas um exemplo do que pode ser feito, e cada caso deve ser analisado.

Dica: Se o estudante tiver dificuldades em muitas disciplinas, não se preocupe em colocar tantas repetições.


Passo 5: Colocando em prática e utilizando o "Dia do Planejamento"

O dia do planejamento (em amarelo na imagem 7) é um dos principais pontos nesse cronograma, e deve está presente em qualquer grade semanal. Veja o que deve ser feito no dia do planejamento semanal:

1- Verificar se o cronograma da semana foi cumprido

2- Analisar o desempenho do aluno, verificando atividades realizadas ou simulados

3- Organizar o material utilizado para estudar durante a semana, em pastas com etiquetas

4- Caso o cronograma não tenha sido cumprido, verificar as causas e fazer as alterações necessárias para que seja cumprido na semana seguinte

5- Organizar o material para a semana seguinte, com as atividades, metas e submetas da semana

6- Verificar no calendário escolar se haverá alguma prova que atrapalhe a grade semanal da semana seguinte. Caso haja, faça as alterações necessárias para aquela semana.

Para iniciar o cronograma, chame seu filho ou filha e apresente o cronograma impresso. Coloque o planejamento em um lugar bem visível para que todos da casa possam acompanhar a rotina de estudos. O legal é que além dos estudos é possível acompanhar o horário de todas as atividades em um só lugar.

Explique ao seu filho(a) que aquele cronograma deve ser cumprido a partir da próxima segunda-feira, e que conta com a dedicação dele.

Caso seja necessário, contrate uma empresa que possa gerenciar a programação de estudos, enviando professores em sua casa. A GoClass é um exemplo de empresa com cursos de nivelamento (reforço escolar e acompanhamento escolar) que enviam o professor a casa do aluno, com um planejamento bem elaborado e material didático exclusivo. Mas cuidado! Algumas escolas de reforço escolar trabalham com uma metodologia ultrapassada e inadequada que tornam o aluno mais dependente do professor particular, e isso não é bom. Busque metodologias que incentivem a constante evolução do aluno, de forma que ele possa cumprir o cronograma de estudos sozinho em um futuro breve. Para saber mais sobre a metodologia GoClass, clique aqui.

Após preencher todos os quadros com as disciplinas necessárias, preencha o tempo de descanso e lazer. Lembre-se: Seu filho precisa de momentos de tranquilidade onde ele decide o que fazer, para um desenvolvimento saudável.


Passo 6: Dicas extras para melhorar a rotina de estudos

Dica 1: Tenha em mãos o calendário escolar anual do seu filho. Com ele é possível planejar o cronograma de forma mais eficiente, colocando nos dias certos cada disciplina, de acordo com as datas das avaliações. Dica 2: Tenha em mãos o horário diário escolar que apresenta as disciplinas do aluno. Se possível coloque o horário na própria grade da rotina de estudos. Assim fica mais fácil planejar, e ainda melhor de visualizar no dia a dia. Dica 3: Para criar uma rotina de estudos é necessário muito empenho principalmente nos primeiros dias. Não é fácil fazer uma pessoa agir, quando estava acostumada a deixar tudo para ultima hora. A dica é: Invista tempo em um planejamento eficiente, e na fiscalização do seu cumprimento, e em pouco tempo tudo irá fluir de forma naturalmente. Dica 4: Para a criação de uma rotina o nosso cérebro precisa de uma motivação, uma ação e uma recompensa. Então dê a motivação necessária ao seu filho, ajude com a ação e promova pequenas recompensas, como por exemplo, um tempo a mais com acesso ao celular, ou um tempo a mais fazendo o que ele mais gosta de fazer. Assim o cérebro é condicionado a fazer sem dificuldades aquilo que trará recompensas imediatas. (Passar de ano é uma recompensa, porém não imediata. Fazer uma criança ou adolescente estudar, deixando a disposição apenas a recompensa a longo prazo não será eficaz. É preciso bolar pequenas recompensas como explicado anteriormente). Então é isso! Espero que vocês tenham gostado!Qualquer dúvida, não deixem de comentar ok?Ah, gostou do nosso conteúdo? Compartilha! Assim você estará ajudando seus amigos, e também o crescimento do nosso blog.


Abraço!

©2018 by GoClass.